28 junho 2006

QUE STRESS!!!

O tempo tem andado a fazer das suas!! O nosso pic nic correu mais ou menos, o tempo é que nem por isso... Esteve nevoeiro e frio o dia inteiro! Limitamo-nos à zona dos grelhadores, que era coberta, e pouco mais. Ía cheia de vontade de passear e afinal, quase não saímos da mesma zona.
No final, fizemos a boa acção do dia, ajudamos um pastor a recolher as cabritas que andavam tresmalhadas e não eram nada obedientes, era velhinho com duas bengalas e, em abono da verdade não deveria andar com o rebanho porque mal conseguia arrastar-se!! Os miúdos que estavam connosco, primitos dos nossos amigos, acharam muita graça às cabras. E, estas poucas palavras, resumem a nossa parca aventura pela Serra da Freita, que sinceramente não foi nada de especial, excepção feita à companhia dos nossos amigos, claro!! Com tudo isto, nas fotos prometidas só se viam cabras e ovelhas o que julgo não ser o mais interessante para colocar neste cantinho, não é?
A beleza da serra da Freita fica para a próxima!
.............................................................................
Hoje de manhã tive um telefonema que me deixou com as pernas bambas!
Em 2004 fiz um curso de formação para formadores com o intuito de vir a dar formação na minha área, gestão de empresas. Na altura, pedi o CAP (Certificado de Aptidão Profissional) e enviei o Curriculum Vitae para vários centros de formação, propondo-me como formadora. Encaro a actividade de formação como um complemento à minha actividade profissional. Desde essa altura nunca tive um único contacto! Hoje, para meu espanto, ligaram-me para iniciar um curso de Contabilidade Geral de 30 horas para a semana, dia 5. Fiquei tão atarantada que me enrolei toda a falar com a pessoa que me contactou!
Faltam tão poucos dias e não tenho nada preparado! Só de me imaginar à frente de um grupo de 16 pessoas, tremem-me as pernas! As coisas em que me meto, valha-me Deus!
Ainda por cima, dia 8 tenho provas para um concurso público e vou ter que estudar também para esse concurso! Acho que chegou a minha vez de arranjar um clone!
.............................................................................
Por tudo isto, estarei menos presente nos próximos dias, porque vou ver se a minha chefe me deixa tirar dois dias de férias para a semana, se não dou o nó!! Menos presente, mas não ausente, prometo!
..............................................................................
Perguntaram ao Dalai Lama...

“ O que mais te surpreende na humanidade?”

E ele respondeu:
“Os homens...Porque perdem a saúde para juntar dinheiro, depois perdem dinheiro para recuperar a saúde.
E por pensarem ansiosamente no futuro, esquecem do presente de tal forma que acabam por não viver nem o presente nem o futuro.
E vivem como se nunca fossem morrer...
... e morrem como se nunca tivessem vivido.”

23 junho 2006

SERRA DA FREITA

Pois é, amanhã é dia de pic nic!
Vamos encontrar-nos com um grupo de amigos e vamos até à serra da Freita. Para quem não conhece fica entre Vale de Cambra e Arouca, distrito de Aveiro. É uma zona muito frequentada no verão. Tem cursos de água, sombra e é um local muito apropriado para quem gosta do contacto com a natureza e do ar livre. É na serra da Freita que existem as famosas pedras parideiras, um fenómeno único no mundo!
Amanhã vamos até lá com a cesta do pic nic cheia de coisas boas.
Gosto muito destas actividades! O ano passado fizemos um pic nic na mesma zona e, depois do almoço, fizemos uma caminhada maravilhosa! Cheguamos ao fim do dia todos arranhados e estafados, mas com uma sensação muito boa de nos divertir-mos entre amigos, respiramos ar puro e fizemos exercício, serra fora!
É mesmo disto que eu estou a precisar, mudar de ares e espairecer!
Prometo que deixarei por cá algumas fotos, a paisagem por lá é linda!
Um beijo grande e um bom fim de semana.

22 junho 2006

Parabéns Cláudia!
Fiquei muito feliz pelo teu positivo!
Cada positivo, simboliza mais uma luzinha a brilhar forte na nossa árvore da esperança!
Um enorme beijinho para ti querida!

20 junho 2006

A NOSSA FAMÍLIA


Já tive oportunidade de referir num post anterior, que o R. e eu temos a felicidade de contar com o apoio da nossa família nesta luta tão desigual, que é a infertilidade. Em casa dos meus pais, já todos sabem que sofremos de infertilidade quase desde que começamos a frequentar as consultas em Gaia, à excepção do meu pai que só ficou a saber quando tive que lhe pedir que me acompanhasse para fazer a Histeroscopia, uma vez que o R. não conduz. Eu não tenho uma relação muito próxima com o meu pai e existem certos assuntos que simplesmente, não abordo com ele. Ele surpreendeu-me e teve uma reacção muito positiva e, quando lhes falei no tratamento, fez questão de serem eles, os meus pais, a pagar a medicação. Hoje ficaram na farmácia 495€. Fiquei com um supermercado de medicamentos em casa, Suprefact, Gonal F 900 e Gonal F 450, Pregnyl, Utrogestan, Acfol e a pílula, tudo isto, 495€!! Fiquei com o frigorífico cheio de medicamentos!
Não me senti muito confortável em aceitar que os meus pais pagassem a medicação mas, com tanta insistência da parte deles, não tive como recusar. Custa-me porque os meus pais também passam por algumas dificuldades e têm uma casa enorme para restaurar, e para isso é preciso dinheiro e eles estão a gastar o pouco que têm comigo! Mas, o que mais me está a custar é o argumento do meu pai, e passo a citar "... eu quero pagar os medicamentos porque sempre quero ver os meus netinhos..." Eu expliquei muito bem que, pelo facto de fazer um tratamento não garante que ele venha a conseguir os netinhos que quer, mas fiquei com a dúvida se ele teria percebido as reais probabilidades que tem de se tornar avô, com um tratamento. O que não quero mesmo é que depois de tudo, ele se sinta ainda mais desapontado do que terá ficado quando soube da nossa infertilidade.
.......................................................................
Com isto tudo, já tenho a medicação para o tratamento, em casa. Estou a meio deste ciclo e em Julho vou iniciar a pílula. Quem diria que, uma mulher que quer engravidar tem que tomar a pílula, não é deste mundo!
.......................................................................
Penso muitas vezes que esta é a última oportunidade que a natureza tem para intervir e nos dar o nosso milagre, pelas vias naturais e mais agradáveis. Não consigo afastar a esperança, por muito pequena e remota que seja, de que a natureza decida cumprir a sua função e dar-nos o nosso bebé de presente, como a tantos outros casais! Esta é a derradeira oportunidade!

16 junho 2006

UM ÓPTIMO FIM DE SEMANA


Venho só deixar um beijinho muito grande para esta querida, adorei conhecer-te e conversar contigo! Espero que tenhas tido boas notícias, esta tarde.
Deixo também um beijinho para todos os que visitarem o meu cantinho.
...............
Até segunda feira!

13 junho 2006

SEMANA ATRÍBULADA



Espero que tenham tido um óptimo fim de semana. Como esta semana é mais curta, e muita gente está de férias, apesar da chuva, trovoada e afins, aproveitem e, se não der para mais nada, descansem muito, um bom filme ou um bom livro são sempre uma excelente ocupação!
...................................................................
O meu fim de semana foi diferente. No sábado à noite, ao contrário do que é habitual fomos, o R. E eu, a um bar em Aveiro. A última vez que saímos os dois para a noite estava-mos casados há um mês, em Setembro fazemos três anos de casamento! Eu confesso que não sou apreciadora de ambientes nocturnos. Primeiro porque tenho asma e evito a todo o custo, locais fechados onde abunda o tabaco. Depois porque não percebo o prazer que as pessoas tiram de locais onde a música está tão alta que não se ouve quem está ao nosso lado. Eu gosto de conviver com os meus amigos e também gosto de música, mas não em locais apinhados e barulhentos. Gosto de conversar e de ouvir o que as pessoas me dizem! Sou mais do género caseiro. Gosto de receber os meus amigos, de cozinhar para eles, de música a animar, mas sem altos volumes, e do conforto da minha casinha. Devem estar a pensar que sou muito comodista, mas eu sou assim, gosto muito do meu cantinho! Também gosto de ar livre, de piqueniques, de passeios na serra, de passeios à beira mar.
Mas retomando a conversa, o barzinho é recente e é engraçado. Chama-se Tuareg (passo a publicidade), é inspirado num povo nómada árabe com o mesmo nome e tem um ambiente diferente. Fazem uns chás gelados fantásticos! Foi um fim de noite diferente!
.................................................................

Esta semana tem sido atribulada. Infelizmente o meu pai teve um acidente de viação na 5.ª feira passada. Uma irresponsável ao volante, sinalizou para a direita e resolveu virar para a esquerda. Ninguém se magoou com gravidade, mas o meu pai que já não é nenhuma criança, faz 65 anos no sábado, com o embate magoou-se no pescoço. Conclusão, não mexe o pescoço nem os ombros, ficou sem carro que foi para a sucata e para cúmulo, a causadora do acidente, não só não sabe o que anda a fazer na estrada, como é irresponsável ao ponto, de andar com um carro sem seguro.
Eu, que entro às nove horas e faço 40 Km para vir trabalhar, tenho vindo uma hora e meia mais cedo para deixar o meu irmão e a minha mãe no emprego, às oito. Isto, depois de deixar o R. na estação para apanhar o comboio, às sete. O meu pai vai comprar um carro por absoluta necessidade e espero que o compre rápido, senão vou ter que aderir à sesta espanhola, tenho dormido menos de 6 horas por noite! Não há quem aguente!
...................................................................

Deixo um beijinho especial à Musa que retornou à sua vida activa. Um bom regresso, mas não abuses, primeiros estão os teus filhotes!! E um beijinho também especial para a Ana Rita, fico a aguardar o teu contacto para o nosso cafézinho de amanhã. Às outras meninas, que me têm visitado, deixo beijinhos também muito especiais e um grande obrigado, pelo apoio que me têm dado, guardo-vos a todas juntinho ao coração.

Beijos grandes e doces.

09 junho 2006

FIM DE SEMANA À CHUVA

Passei por cá só para desejar um bom fim de semana.
As flores são para contrariar o céu cinzento que anda por aqui.
Beijinhos grandes

08 junho 2006

A ISCI já foi marcada

Ontem o dia começou mais ou menos, não andei muito stressada com a consulta, pelo menos de manhã. A minha irmã quis ir ao Corte Inglês de maneira que ficou lá em casa de véspera. De manhã acordámos cedinho e fomos para Coimbra deixar o R. nos HUC. Eu e a minha irmã fomos tomar o pequeno almoço e depois fomos até ao novo Forum de Coimbra. Não comprei nada, mas deu para não passar a manhã a pensar na consulta. Já não foi mau!
O R. trabalhou até às 11,30m e depois encontrámo-nos para almoçar. Saímos de Coimbra às 12,15m. Apanhámos muito trânsito! Normalmente, já chego ao hospital com uma pilha de nervos, por causa do trânsito e ontem não foi excepção. Vejam lá que, para além de já termos saído tarde ainda apanhámos uma coluna de veículos do exército, a "passo" lento! Chegamos a Gaia às 13,30h, hora marcada para a consulta. Estivemos 25 minutos na fila para fazermos a inscrição. Fomos chamados para a sala 5 às 15:,00h.
A ISCI ficou marcada para Setembro. Começo a estimulação a 28 de Agosto com Suprefact e dia 7 de Setembro vou fazer o controlo do estradiol. Se responder bem à medicação acrescento o Gonal dia 9.
....................................................
Devo confessar que fiquei desapontada.
Tinha esperança de começar o tratamento, pelo menos, nas férias e afinal ficou tudo para depois. Vou andar em tratamentos no Outono e detesto essa altura do ano porque tudo me deprime!
Não é só o Outono que me deixa down. Hoje também não estou nos meus dias, estou com indícios daquela visitinha mensal que todas adoramos e estou com um humor muito pouco recomendável, mas há-de passar...

06 junho 2006

Com o coração apertadinho...

Todos os anos, com a chegada do verão e do calor chegam também as minhas preocupações. O R., para além de ser técnico de análises clínicas e estudante de enfermagem é bombeiro voluntário e socorrista voluntário na Cruz Vermelha. Devem estar a perguntar-se onde é que lhe sobra tempo para nós? Eu pergunto constantemente o mesmo e ainda não teve resposta para me dar!!
Este fim de semana tivemos uns amigos lá em casa. Como já tive oportunidade de escrever neste cantinho, um dos meus hobbies é cozinhar. E adoro reunir os amigos à volta da mesa! Visto que eles continuam a aceder aos meus convites, vou supor que cozinho bem e gostam da minha comida! Ou então são mesmo muito amigos!! Este aparte era para dizer que os convidei para um daqueles petiscos de verão (ameijoas, berbigão e mexilhão) com cervejolas e pão caseiro. Daquelas coisas que eu adoro, mas só com o R. não tem piada, não é?! Estavamos nós à mesa, todos lambuzados de bivalves e toca a sirene... Já viram, com convidados em casa e salta da mesa, com uma correria desenfreada. Ainda por cima, tive que ir levá-lo e deixei os nossos amigos em casa, sozinhos! Que falta de chá!? Chegou a casa à uma e meia da manhã, todo farrusco!
Ontem, quando estavamos a caminho de casa, toca outra vez a sirene. Lá desviei o carro da nossa rota, a toda a velocidade, para o quartel dos bombeiros. Espero que chegue o dia em que o meu coração possa descansar destes sobressaltos. Eu sei que tem que haver alguém, que vista a camisola e trabalhe em prol dos outros. Mas será que o ele tem que vestir as camisolas todas? Passemos as queixinhas e os lamentos...
.....................................................................
Amanhã é mais um dia importante, aliás importantíssimo!! Amanhã vamos à consulta, ao hospital de Gaia, programar a nossa ISCI. Estava com a expectativa que agora seria rápido (rápido para mim seria em Junho, Julho) mas, depois da consulta com a psicóloga, na semana passada, percebi que não será tão rápido assim. Espero, pelo menos que não demore meio ano! Eu sei que existem hospitais onde demora mais que um ano a programar um tratamento, mas eu estou FARTA!!!! de esperar. Estou cansada desta história toda! Este ano, nem marcamos nada para as férias, para que não houvesse nada que atrapalhasse o tratamento. Eu sei que não devemos viver em função dos tratamentos, mas para mim, neste momento, fazer a ISCI é o mais importante! Até mais importante que a mudança para a casa nova. Não quero que nada atrapalhe a possibilidade de fazermos o nosso filho, o mais rapidamente possível. Talvez quando tiver ultrapassado algumas desilusões eu comece a pensar em viver em função de outros aspectos da nossa vida. Para já, tudo o que mais anseio é ficar grávida!!!
Assim sendo, deixo-vos beijinhos muito grandes e torçam por mim!!

02 junho 2006

Atrocidades

Já não devia de acontecer, mas continuo a ficar chocada com as coisas que ouço nos noticiários.
Ontem vi uma notícia, (também devem ter ouvido) de uma mulher alemã que matou os nove filhos que pariu sózinha, à nascença. Uma psicopata destas levou uma pena de prisão de 15 anos!! Assassinou os nove filhos e vai presa 15 anos, como é possível!?
Como é possível que tantas mulheres estejam a sofrer porque não podem ter um filho e haja uma criatura destas, que mata pequenos seres que crescem dentro de si, aparentemente sem o mínimo remorso! Afinal não foi uma vez, foram nove. Está fora da minha capacidade de compreensão e dá-me uma revolta... Eu até entendia que, num momento de loucura, pudesse acontecer uma vez. Não acho desculpável, mas entendia que pudesse acontecer, num momento de loucura. Agora nove vezes?? Dizer que se embebedava quando paria os filhos, desculpa tamanha atrocidade?! E não se contentando ao matá-los, enterrava-os a seguir em vasos!!
A natureza ou Deus ou aquilo que nos pôs neste mundo, não conhece a palavra Justiça!! Ou será por isso que dizem que a Justiça é cega?!
Desculpem o azedume, mas estas coisas deixam-me realmente fora de mim...

01 junho 2006

Mais um pequeno passinho

Ontem tivemos a consulta de Psicologia, no Hospital de Gaia. Estava marcada para as 17,30h, fomos chamados mais ou menos pelas 18,45h e, por fim, lá fomos à consulta. Foi uma conversa agradável, sem grandes sobressaltos. Falámos da nossa esterilidade, da alternativa aos filhos biológicos, da nossa vida, do nosso dia a dia, de uma quantidade de assuntos.
Achei a psicóloga uma senhora agradável e simpática, ao contrário da médica que nos acompanha na esterilidade, que é uma pessoa mais distante. Mas também um psicólogo tem mesmo que ser agradável, pois é suposto os casais exporem a sua intimidade, não só física mas também comportamental e isso, não seria viável com alguém que não é capaz de deixar à vontade o seu interlocutor, não é?
Saímos da consulta com a agradável sensação, não de nos termos, mais uma vez, exposto mas de termos alguém que estava lá para nos ouvir, alguém que dispendeu do seu tempo para nos escutar e nos deu atenção. É uma sensação reconfortante.
Saí da consulta com a certeza que este processo até á ISCI, ainda vai levar uns tempos. Eu estava com esperança que tudo fosse andar mais rápido, mas parece que não. De qualquer forma, só para a semana é que saberei quando é que nos marcam o tratamento. Até lá tenho que parar com esta ansiedade. É sofrer por antecipação! Estou sempre a dizer isto às outras pessoas, mas ainda não interiorizei esta máxima para mim!
Beijinhos